O que é CrossFit?

CrossFit é um programa de condicionamento físico.

Com certeza essa é a definição mais simples e correta que podemos encontrar. Mas para entender de forma profunda é preciso esclarecer o que motivou a criação desse conceito de preparação física.

O desenvolvimento do CrossFit nasceu de uma simples reflexão:

O que é “Fitness” (Condicionamento Físico)?

Em 1997 a revista “Outside Magazine”, revista americana focada em esportes “outdoor”, coroou o triatleta Mark Allen com o título de “Fittest Man on Earth” (Homem mais condicionado fisicamente do planeta). Apesar da notória carreira de Mark Allen seria justo o título de mais condicionado fisicamente do planeta? Então qual seria a nomeação ao decatleta Dan O’Brien que também foi memorável na mesma década?

 

Avignon_1989_-_Mark_Allen_-_credit_ITU

(Mark Allen – Triatleta)

 

O'BRIEN

(Dan O´Brien – Decatleta)

De qualquer forma fica claro que, naquele momento, a mídia esportiva considerava os atletas de “edurance” (provas de resistência) os mais condicionados fisicamentes. Entretanto não havia na época definições claras e convincentes sobre “fitness” nas instituições que pesquisam a ciência do treinamento esportivo e muito menos em um simples dicionário.

Sendo assim a CrossFit passou a buscar, estudar  e, principalmente, debater o que seria a definição mais justa e apropriada de condicionamento físico criando seu próprio entendimento sobre esse tópico. Para isso, foi utilizado 4 parâmetros como pilares do “fitness”, o primeiro deles são as 10 capacidades físicas reconhecidas pelos fisiologistas do exercício, o segundo a performance em desafios físicos variados e inesperados, o terceiro os sistemas de energia presentes no ser humano e, o quarto e último, os medidores de saúde.

É extremamente importante compreender que a consideração desses “pilares” serviu e ainda servem para desenvolver nosso programa de condicionamento físico, buscando um planejamento que desenvolva harmonicamente o indivíduo.

As 10 Capacidades Físicas

  • Resistência Cardiovascular/Respiratória
  • Resistência Muscular
  • Força
  • Flexibilidade
  • Potência
  • Velocidade
  • Coordenação
  • Agilidade
  • Equilíbrio
  • Precisão

50688556-bc40-49d9-be63-d293a8715387_l

Desafios Físicos Diversos/Variados/Desconhecidos

A idéia é estar preparado para enfrentar quaisquer desafios físicos imagináveis, mesmo aqueles totalmente desconhecidos e nunca antes vivenciados. Conseguir cumprir esses desafios com uma boa performance.

“Estar preparado para as adversidades físicas”

6a00d8341bf90553ef01a3fd17d8eb970b

(“The HOOPER” – Exemplificação prática de implementação de tarefas desconhecidas)

Os 3 Sistemas de Energia (Vias Metabólicas)

Nós temos 3 vias metabólicas em funcionamento no nosso organismo. Para cada atividade, dependendo de sua natureza, temos a predominância de um desses sistemas de energia.

A idéia é ter um corpo que funcione e seja familiarizado com estímulos físicos dessas 3 vias metabólicas.

3-UGf1pzWiSg8SfrkaiwZJkQ_PRB

Indicadores de Saúde

https://www.youtube.com/watch?v=FYARk1wxUKA

Um corpo com suas funções orgânicas devidamente equilibradas indica diversos parâmetros de funcionamento como os batimentos cardíacos em repouso, pressão arterial, percentual de gordura, densidade óssea e outros.

Hábitos ruins de saúde incluindo o sedentarismo podem alterar sensivelmente essas referências, trazendo um quadro de “doença”. Entretanto boa alimentação e atividade física regular também alteram essas referências criando um status de “Super Bem-Estar”.

sickness-wellness-fitness

 

Denominador Comum

Considerando esses 4 pilares como referência para “significar” o condicionamento físico (fitness) de uma pessoa torna-se necessário desenvolver um programa amplo, geral e inclusivo, entendendo que é fundamental buscar esse equilíbrio desconsiderando a ideia de ser especialista em uma única capacidade e/ou habilidade, mesmo porque situações de combate, sobrevivência e a vida propriamente dita exigem esse quadro amplo de condicionamento e capacidade adaptativa.

Incorporar esses 4 pilares não apenas define o CrossFit conceitualmente mas também torna contínuo e permanente o desenvolvimento do nosso programa de condicionamento físico, refletindo sobre novos cenários de treino para aumentar a variabilidade, buscando novos exercícios para trazer novos desafios e, principalmente, estimular o aprendizado motor.

 

Implementação

Usando como referência os atletas profissionais, pessoas que conseguem de forma “específica” atingir altos índices de performance atlética em suas atividades, observando não somente suas atividades esportivas mas também a rotina de treinamento, seus métodos e ferramentas para o desenvolvimento, podemos considerar como meta, guardada as devidas proporções e com muito bom senso e critério para aplicação do trabalho, elaborar uma programação que entregue o “cruzamento” (cross) de um corredor de 800 metros rasos, o domínio corporal de um ginasta olímpico e a potência muscular de um levantador de peso olímpico.

 

A primeira vista quando procuramos visualizar esse cenário parece algo duro e impossível de realizar, mas o objetivo de integrar esses cenários de forma gradual e permanente seria para tornar nossos praticantes melhores na capacidade de mobilização de oxigênio melhorando fluxo sanguíneo e funções metabólicas (corredor de 800 metros), aumentando o domínio do peso do próprio corpo e a consciência corporal (ginasta olímpico) e equilibrando a relação dos seus músculos entre força “versus” flexibilidade (levantador de peso olímpico).

 

Crossfit é amplo, geral e inclusivo.

 

Amplo

Nosso programa de condicionamento busca desenvolver de forma equilibrada todas as dez capacidades físicas inerentes ao indivíduo, criando cenários de treinamento que passem pelas 3 vias metabólicas evitando a especialização e privilegiando a variabilidade.

 

Geral

Incorporar o máximo de gestos motores e padrões de movimentos é uma ferramenta para o desenvolvimento e melhora da aptidão física. Corridas, ciclismos, remadas, assim como movimentos simples e complexos de ginástica olímpica e levantamento de peso não somente trazem estímulos físicos mas  também aumenta sua “inteligência motora” para o “desconhecido e imprevisível”.

Inclusivo

“As necessidades dos atletas olímpicos e dos nossos avós diferem apenas em grau não em espécie”. (Coach Greg Glassman)

ABOUT THE AUTHOR

Teco Martins